Two for tea party

Sarah Pallin e Michelle Bachman são duas apostas do Tea Party na corrida presidencial americana.

Palin, logo na sua primeira entrevista à TV americana, como a vice da chapa de John McCain, demonstrara alto nível de ignorância. Espantoso, mesmo se tratando de uma política republicana do Alasca.
Michelle Bachman não fica atrás. Vencedora da prévia republicana simulada de Iowa, ela tem idéias pelo menos curiosas. Vejam só esta declaração :”Estou convencida de que se os Estados Unidos falharem em apoiar Israel, será o fim dos Estados Unidos…Temos de mostrar que como nação fomos abençoados devido ao nosso relacionamento com Israel…Nós (ela e o marido) acreditamos fortemente que nações recebem bênçãos quando abençoam Israel.”
É mais do que Nethanyau ousaria esperar de alguém que pode até ser eleita presidente dos EUA (vem em 3º. lugar no ranking republicano).
Para convencer quem vacila no apoio a Obama, os democratas americanos costumam dizer: ”Tá, então vota num republicano…”
Como uma destas stars do Tea Party poderá ser a candidata presidencial do Great Old Party, este argumento tem muita força.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *