Pobreza em alta nos EUA.

Em setembro, os EUA bateram um novo recorde.

Mas não será comemorado: foi um recorde de pobreza.

Passaram de 41,1 milhões de pobres para 47,7 milhões. E deverão chegar a 50 milhões até o fim do ano.

Mais 607.544 americanos tornaram-se aptos a receber vale-alimentação.

O “Programa Vale-Alimentação” serve de termômetro para medir os níveis da pobreza nacional.

Ele é um auxílio para pessoas de baixa renda ou que não tenham renda para comprar alimentos. Seus benefícios não são em dinheiro, são obtidos através de um cartão eletrônico que pode ser usado como cartão de banco para compra de alimentos.

O aumento da população que precisa desses vales para poder se alimentar é um paradoxo na nação mais rica do mundo.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *