Moderados sírios condenam bombardeios americanos.

Os rebeldes moderados da Frente Síria de Libertação não parecem contentes com os bombardeios americanos contra o ISIS.

Os principais chefes já declararam que seu verdadeiro alvo é derrubar o regime Assad, não o Estado Islâmico.

Alguns deles acham que os bombardeios americanos estão até prejudicando sua revolução.

Comentando a destruição do abrigos temporários para civis desalojados em Kafr Daryan que mataram 10 civis, disse o coronel Hassan Hamad da Legião 5: “Os bombardeios nos causam muitos prejuízos. As pessoas perguntam, quem é o responsável? É o regime Assad ou a coalizão (apoiada pelos EUA)?” No ataque a o grupo Khorasan – próximo ao ISIS – os aviões americanos bombardearam também base do  Nussra, filial da al Qaeda e adversário de Assad.

Ora, esse grupo é aliado dos oposicionistas moderados em vários fronts da guerra.

Raad Alawi, comandante dos esquadrões de rebeldes de al Haq, protestou: ”Começar a guerra bombardeando o Nussra é uma indicação de que esta guerra é contra a revolução (anti-Assad), não contra o ISIS. Talvez da próxima vez eles bombardearão as bases do Exército Sírio de Libertação…”

O coronel Faris Bayoush, líder da brigada Fusan al Haq, que recebe armas dos EUA e aliados, foi mais duro:”A coalizão internacional está contra o terrorismo superficialmente. Na verdade, está contra o Islã e bombardeará as posições da oposição síria. Em outras palavras, ela está ao lado do regime (Assad).”

Todas estas afirmações foram publicadas pelo McCaltchy News, de 23 de setembro. Que entrevistou comandantes moderados na Síria.

Eles sustentam que as forças moderadas precisam do Nussra na luta contra Assad.

Os ataques americanos contra aliados dos seus aliados é um nó difícil de desatar. Que, indiretamente cria problemas na guerra terrestre contra o Estado Islâmico.

Assad vê com alegria os EUA atacando o Nussra, inimigos dele. E enfurecendo seus inimigos, os rebeldes moderados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *