Israel pagando o preço dos assentamentos.

Mais problemas para Israel causados pelos assentamentos.

Martin Lidegaard, ministro do Exterior da Dinamarca, ameaçou Telaviv com “medidas duras, inclusive mudanças no nosso relacionamento comercial” caso não interrompa os assentamentos e continue o bloqueio de Gaza.

Ainda recentemente o Banco da Dinamarca colocou o israelense Banco Hapoalitan na sua lista negra, das companhias onde não mais investe.

E se justificou, alegando que o Hapoalitan estava agindo  contra as regras das leis humanitárias internacionais ao financiar os assentamentos.

Há algum tempo atrás, o banco dinamarquês havia retirado seus investimentos de duas outras empresas israelenses: a African Israel Investiments Ltd. e a Danny Cebus por envolvimento na construção de assentamentos.

O boicote a Israel e seus assentamentos continua.

Foi assim que o apartheid começou a cair na África do Sul.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *