Aviação afegã acusada de tráfico.

Há rumores de que pilotos da Aviação Afegã estariam associados ao tráfico, transportando drogas e armas ilegais.

O Wall Street Journal revelou que a Aviação Militar dos EUA estaria investigando as possíveis conexões destas operações com o assassinato de oito oficiais aviadores dos EUA por um coronel da Força Aérea do Afeganistão, no aeroporto de Kabul, em abril último.

O Tenente-Coronel Tim Stauffer, porta voz da Missão de Treinamento da OTAN no Afeganistão, declarou que as acusações ainda estão sendo estudadas.

Esse caso ilustra dois fracassos dos EUA na Guerra do Afeganistão. Apesar dos esforços dos americanos, o tráfico de ópio continua florescente tendo a produção desse tóxico aumentado 61% entre 2010 e 2011.

E o treinamento de militares e forças de segurança afegãs – no qual foram aplicados 12 bilhões de dólares entre outubro de 2010 e setembro de 2011 – vem apresentando graves problemas. Parte significativa das forças afegãs está envolvida no tráfico de ópio e repetem-se os incidentes em que soldados afegãos voltam suas armas contra seus instrutores da OTAN.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *