Separatismo na Líbia.

A Líbia ainda nem se consolidou como estado organizado e já querem dividi-la.

Nesta terça-feira, milhares de líderes tribais, políticos e chefes de milícias, reunidos em Bengazi, anunciaram que pretendem constituir a Cirenaica como uma região semi – autonoma.

A Cirenaica compreenderá as terras entre a cidade costeira de Sirte e a fronteira com o Egito, sendo Bengazi sua capital.

Será eleito um conselho para administrar a nova região.

Os chefes do movimento declararam que gostariam de proclamar a independência já, mas acharam mais prudente conquista-la aos poucos.

Tudo isso à revelia dos membros do Conselho de Transição Nacional que governa provisoriamente a Líbia.

Eles se manifestaram contra, pois consideram que a criação da Cirenaica semi-autonoma fatalmente conduziria à desagregação da Líbia e sua inviabilização como estado.

Mustafá Abdul Jalil, chefe do Conselho de Transição Nacional, chamou a declaração de Bengazi “o começo de uma conspiração contra a Líbia”. E foi incisivo: ”Algumas nações árabes, infelizmente, apoiaram e encorajaram essa ideia.”

Não disse a quais nações se referia.

O certo é que a Cirenaica é rica em petróleo.

Tornando-se independente, provavelmente privilegiaria as nações que a apoiaram, ao distribuir concessões para exploração dessa riqueza.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *