Arizona contra os imigrantes.

Jan Brewer, governador republicano do Arizona, acaba de opor-se a iniciativa de Barack Obama em favor dos imigrantes.

Ordem executiva do presidente praticamente legaliza imigrantes com menos de 30 anos que tenham chegado aos EUA antes de terem completado 16 anos.

Mais de 1 milhão de jovens em todos os EUA são beneficiados por essa lei que lhes dá direito de trabalho e de receber assistência médica grátis. E os livra da ameaça de deportação.

Não no Arizona, do que depender da vontade do governador republicano.

No dia 15 de julho, ele assinou uma ordem executiva a todos os setores da administração para que confiscassem quaisquer documentos de identidade dos jovens imigrantes do estado, inclusive licença para dirigir, o que, automaticamente, os impediria de trabalhar legalmente e usufruir dos benefícios da Reforma da Saúde.

Com isso, continuariam sujeitos a serem deportados.

Justificando essa sua rebeldia contra o presidente, o governador Brewster declarou o seguinte: “permitir aos mais de 80 mil beneficiários do Ato acesso impróprio às vantagens do estado e da população local” representaria “impacto significativo e permanente no orçamento do Arizona, no seu sistema de saúde e benefícios públicos adicionais, que os contribuintes do Arizona pagam.”

Os grupos de direitos humanos dos EUA estão se organizando para uma luta legal e política contra mais esta ação desumana do Partido Republicano.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *