Suicídios: danos colaterais das guerras americanas.

Segundo os dados oficiais das Forças Armadas dos EUA, morreram 6.395 soldados, até o dia 13 de outubro, nas guerras do Afeganistão e do Iraque.

Na verdade, foram mais.

Segundo estudo dos médicos militares americanos, o número de suicidas no exército aumentou 80% depois das invasões do Afeganistão e do Iraque.

Em 2008, foram 140 os soldados que buscaram a morte desta maneira trágica. Em 2010, o número de suicidas subiu para 160.

Esse aumento nos suicídios, segundo os médicos militares, não tem precedentes na História dos EUA.

Aumentaram também significativamente os casos de hospitalização ou tratamento por doenças mentais.

Em 2008, mais de 20% dos soldados no serviço ativo procuraram assistência médica em função de algum problema de saúde mental.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *