Ron Paul contra o Big Brother.

Ron Paul, o republicano que é contra as aventuras imperiais americanas, vem atacando a série de leis que restringem as liberdades individuais apresentadas nos últimos anos.

Sua última luta é contra as entrada do Big Brother na internet.

O deputado Michael Rogers, republicano (é claro), apresentou um projeto que cria o CISPA, o monitoramento da internet que permita ao governo federal e às companhias particulares acesso às comunicações online das pessoas, sem ordem judicial, desde que o façam em nome da segurança cibernética.

Não fica claro o que significa a expressão “segurança cibernética”.

Ron Paul, que é deputado federal pelo Texas, ataca o CISPA, afirmando quecom ele… “o Governo  poderá entrar na correspondência pessoal de qualquer pessoa na América se os agentes federais acharem que, por sua interpretação, representa algum tipo de ameaça ao país.”

Seria a entrada do Big Brother no computador de cada americano para fiscalizar o que a pessoa anda escrevendo, seja ou não sigiloso.

No início do ano, o Senado e a Câmara dos Representantes discutiram leis semelhantes. Devido à grande reação contrária da opinião pública, essas leis não foram aprovadas.

Apenas alguns meses depois, Ron Paul adverte: as mesmas clausulas que estabeleciam a censura e foram reprovadas voltam agora a ser reapresentadas com um novo nome.

“Não devemos subestimar o insaciável desejo do governo federal de controlar a internet”, ele afirma.

E vai mais adiante: “O CISPA representa uma forma alarmante de corporativismo já que mistura governos com empresas como o Facebook e o Google. Permite a elas entregar as comunicações particulares dos cidadãos ao governo sem um mandado judicial, evitando leis federais muito conhecidas  como o Ato de Escutas Telefônicas e o Ato de Comunicações Eletrônicas Privadas.”

Ron Paul espera uma luta difícil  no Congresso contra o que ele chama de ‘Lei  Big Brother que usa os recursos da indústria privada para trabalhar pelos nefandos objetivos de espionar o povo americano.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *