Romney, candidato de Wall Street.

Romney, um autêntico representante do 1%, paga apenas 15% de imposto de renda, graças aos generosos subsídios que o Governo Bush concedeu aos muito ricos e o Partido Republicano defende. Enquanto isso, a classe média, o top dos 99%, tem de contribuir com 35% dos seus proventos.

Apesar dessa disparidade, socialmente injusta, a MClatchy News informa que ele já recebeu mais dotações de campanha dos funcionários dos 5 maiores bancos americanos do que todos os outros presidenciáveis juntos.

Evidentemente, esse pessoal espera que, vencendo Romney, os bancos terão mais chances de lucrar e seus funcionários e executivos, de ganhar mais.

Por sua vez, a indústria financeira doou aos  presidenciáveis republicanos 69% de suas verbas para  campanhas politicas, O que se explica, por dois motivos:

A) A maioria dos banqueiros está na faixa dos muito ricos, com deduções no importo de renda, fortemente apoiadas pelo Partido Republicano;

B) Para o Partido Republicano, quanto menos regulamentações do mercado financeiro, melhor. Para os banqueiros, melhor ainda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *