Republicano elogia a escravidão.

Nos EUA, o Partido Republicano prossegue surpreendendo.

O congressista John Hubbard, do Arkansas, declarou que a escravidão foi uma “ benção” para os afro-americanos.

Justificando sua espantosa conclusão, Hubbard escreveu no seu livro “Confissões de um Conservador Frustrado”: “Os negros que conseguiram resistir às condições e circunstâncias (da escravidão) seriam um dia recompensados com a cidadania da maior nação já estabelecida na superfície da terra.”

No mesmo livro, pode-se ler mais esta preciosidade: “A questão da imigração, tanto legal quanto ilegal…conduzirá a guerras planejadas de extermínio. Embora agora isso possa parecer bárbaro ou incivilizado, será, em alguns pontos, tão necessário quanto comer e respirar.”

Dois outros políticos do Partido Republicano do estado de Arkansas não ficaram atrás de Hubbard.

O congressista Loy Mauch defendeu a escravidão na América e o candidato ao legislativo Charlie Fuqua reclamou a expulsão dos muçulmanos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *