O Partido Republicano rejeita os direitos dos deficientes.

O Senado americano acaba de rejeitar um tratado da ONU sobre os direitos dos deficientes.

Os responsáveis foram os republicanos, cujos 38 votos impediram a aprovação por não atingir a maioria requerida de dois terços.

O ex- líder da maioria, Bob Dole (republicano), compareceu á votação, numa cadeira de rodas para tentar pressionar seus colegas de partido.

Foi inútil.

O tratado, já assinado por 155 nações e ratificado por 173, incluindo França, Reino Unido, Alemanha, China e Rússia, determina que as nações devem batalhar para garantir que os deficientes desfrutem dos mesmos direitos e liberdades dos demais cidadãos.

Os senadores republicanos não ficaram sensibilizados.

Sua (estranha) argumentação contrária: poderia representar uma ameaça à soberania dos EUA.

Um dos senadores do Great Old Party afirmou: ‘Eu não apoio as regulamentações complicadas e  organizações internacionais potencialmente ultra zelosas, com um viés anti- americano, que violam a sociedade americana.”

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *