“Não dou a mínima para os direitos dos estrangeiros.”

Representante do Partido Republicano e do Tea Party no Congresso americano acaba de fazer declarações na linha dos “47% dependentes do governo” do candidato Mitt Romney.

Joe Walsh declarou em comício de campanha que não se importa com os direitos dos não-americanos, nem mesmo caso eles sejam maltratados, no que ele considera uma grande luta entre o Ocidente e o Islã radical.

“Meus amigos, aqueles que não são cidadãos americanos estão tentando matar eu e meus filhos. Eles estão tentando matar vocês e seus concidadãos americanos…Eu não dou a mínima a respeito dos direitos e liberdades deles, ou como nós os tratamos por não serem cidadãos americanos.”

E Walsh clamou,  belicosamente: “Eu farei todo o possível para derrotar e destruir esta força feia, maldosa e radical (do Islã).”

Não consta que,nem o partido Republicano, nem o Tea Party, desautoraram as idéias desta flor do pensamento neoconservador americano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *