Liberais ingleses contra monitoramento da internet.

O governo conservador inglês está próximo de sofrer uma derrota.

O Partido Liberal, com quem está coligado, ameaça votar contra importantes reformas de sua iniciativa, juntando-se à oposição trabalhista.

O governo deseja aprovar leis que permitam o monitoramento de formas de comunicação em internet como o Facebook e o Skype.

Os ministros conservadores afirmam que as novas leis simplesmente visam ampliar os poderes que a polícia e as agências de inteligência já dispõem de monitorar telefones, cartas e e-mails.

No entanto, as associações de direitos civis temem que essa legislação seja usada para aumentar dramaticamente o poder do estado de monitorar a internet.

O deputado Tim Farron, Presidente do partido Liberal, declarou que, se as reformas propostas forem uma ameaça para uma sociedade liberal e livre, os ministros e deputados do seu partido não hesitarão em intervir e bloquear as novas leis.

Informou também que muitos liberais democratas estão horrorizados diante das informações que receberam sobre as idéias do governo.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *