Judeus americanos pela paz na Palestina.

Nem todos os judeus americanos apóiam a AIPAC- o maior lobby pró-Israel, fiel seguidor das ordens de Telaviv.

O Israel Policy Forum enviou carta a Netanyahu, assinada por 150 importantes judeus americanos pedindo que o premier faça tudo para conseguir a paz com os palestinos, nos termos da solução dos 2 Estados.

Eram líderes comunitários, filantropos, ativistas, intelectuais, rabinos, antigos oficiais e homens de negócios.

Salientaram ainda os esforços de John Kerry para se chegar a um entendimento.

É preciso notar que “fazer tudo pela solução dos 2 Estados” forçosamente implica em concessões sérias, não em jogadas para a arquibancada.

Um movimento de judeus liberais, o JStreet, que vem se expandindo em todos os EUA, foi mais além.

Num comunicado, ele condenou o contínuo crescimento de assentamentos, inclusive em Jerusalém Oriental, como uma sabotagem das esperanças de paz, por fazerem com que os palestinos duvidem do comprometimento de Israel e complicarem os acordos sobre territórios que precisarão ser feitos.

E o JStreet diz mais: “Os ajustes que foram feitos (por Israel) em favor dos assentados e da segurança – checkpoints, estradas só para assentados, o traçado da barreira de segurança – tornaram a vida mais difícil para os palestinos, aprofundando as hostilidades e aumentando o ódio e a violência dos conflitos.

Por fim, o comunicado afirma : “Os assentamentos nos territórios ocupados tem sido, durante 40 anos, um obstáculo à paz. Eles esgotaram a economia, o exército e a democracia de Israel. E corroeram a capacidade da nação de preservar o império da lei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *