Israel espiona os EUA.

Reportagem da Newsweek revela que Israel vem espionando os EUA há décadas.

De acordo com Paul Pillar, ex-oficial de inteligência da CIA, os espiões israelenses procuram conseguir segredos ,não apenas industriais, também relativos a componentes- chave de bombas nucleares.

Em depoimento à revista, ex-assessor congressional  afirma : “Nenhum outro país aproveita nosso relacionamento em segurança  para espionar como Israel faz, é chocante.”

E acrescenta: “Eles (os israelenses) são incrivelmente agressivos. São agressivos em todos os aspectos do seu relacionamento com os EUA.”

Outro assessor congressual disse à Newsweek que a contra espionagem americana está considerando as ações de espionagem de Israel  “sérias…alarmantes…terríveis, mesmo.”

 

A comunidade de inteligência dos EUA também está preocupada, pois considera que a espionagem israelense  nos EUA “passou da linha vermelha”.

Por isso mesmo, o governo americano tem se recusado a permitir que cidadãos israelenses entrem nos EUA sem visto.

O governo de Telaviv vem acionando seu lobby, muito numeroso no Congresso, para que seja admitido a entrar na lista dos 38 países isentos de visto.

Até agora não conseguiu nada.

Indignado com a reportagem da Newsweek, Israel protestou, garantindo que jamais espionou os EUA.

Deviam estar de brincadeira…

O caso de Jackson Pollard está aí para não deixá-los mentir..

Pollard era um analista da Marinha que entregou segredos militares a Israel, entre 1984 e 1985. Julgado, ele foi condenado a prisão perpétua por espionagem contra seu país.

A princípio, Telaviv negou que Jackson Pollard fosse seu espião. 10 anos depois, acabou admitindo a verdade.

Hoje ele é reverenciado em Israel como um verdadeiro herói.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *