Irã-Ocidente: esperanças de acordo.

Há poucos dias, Obama anunciou que ele e  Rouhani, o novo presidente iraniano, haviam se comunicado por carta.

Foi a primeira vez desde 1979, quando EUA e Irã romperam relações, que os presidentes dos dois países se corresponderam entre si.

O objetivo foi buscar aliviar a tensão acumulada em todos estes anos, tendo em vista o encontro de um modus vivendi e, especialmente, as negociações de um acordo sobre a questão nuclear iraniana.

Alguns dias depois, o Supremo Líder Ali Khamenei, a quem cabe a última palavra na política internacional iraniana, revelou opiniões positivas a respeito desse assunto.

Segundo o Canal 2 de Israel, ele aceita que seu país adote uma postura flexível nas negociações com o Ocidente. Khamenei teria declarado: “Não me oponho a corrigir a diplomacia. Um lutador precisa às vezes demonstrar flexibilidade, por razões técnicas. Mas ele não negligencia seu oponente nem esquece seus principais objetivos.”

Ao mesmo tempo, os sinais de avanços na liberalização do regime começam a ser mais nítidos.

O governo Rouhani acaba de libertar inesperadamente 11 personalidades adversárias da teocracia iraniana, antes de vencer o prazo das suas penas de prisão.

Uma delas foi a advogada Nasrin Sotoudeh condenada por “divulgar propaganda e ameaçar a segurança do Estado”, inicialmente a 11 anos de prisão, depois reduzidos a 6.

Ela havia defendido importantes políticos de oposição e casos de violação dos direitos humanos pelo governo.

Entre os outros liberados estava um antigo vice-ministro do Exterior, o reformista Mohsen Aminzade, destacado líder na Revolução Verde, movimento duramente reprimido pelo governo, após a eleição de Ahmadinejad.

O Presidente Rouhani deverá comparecer à reunião da ONU, em Nova Iorque, ainda neste mês, quando deve se reunir com o Presidente Obama.

Se o war party deixar

Espera-se que seja o início de um processo no qual, havendo flexibilidade dos dois lados, se chegue a um acordo para o contencioso nuclear.

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *