Generais egípcios contra ONGs americanas.

A Junta Militar egípcia está processando 43 ativistas, sendo 19 americanos, de ONGs financiadas pelo governo dos EUA. São a International Republican Institute, ligada ao Partido Republicano, e a National Democratic Institution, ao Partido Democrata.

As acusações são várias. Essas ONGs não teriam sido licenciadas pelo governo egípcio e, portanto, não poderiam receber fundos do estrangeiro, os quais estariam sendo usados para incitar jovens à rebeldia contra a legalidade. São também acusadas de desenvolver programas de treinamento político e apoiar candidatos às eleições, financiando indivíduos e partidos políticos.

Podem pegar  de 3 a 8 anos de cadeia.Os acusados americanos não estão presos, mas foram proibidos de sair do país pelo menos até a primeira audiência do processo.

O governo americano exigiu esclarecimentos. E decidiu rever a concessão da ajuda militar de 1,5 bilhão de dólares programada para este ano.

As organizações de direitos humanos egípcias protestaram contra essa atitude da Junta Militar,realmente desconcertante, pois vinha recebendo todo apoio dos EUA.

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *