ENERGIA VERDE ILUMINA PORTUGAL.

ENERGIA VERDE ILUMINA PORTUGAL.

 

Durante quatro dias seguidos, a iluminação em todo Portugal foi produzida apenas com energia renovável, um marco no desenvolvimento da energia limpa.

Foram 107 horas, entre 6,45 hs do dia 17 de maio e 5,45 hs. de 20 de maio, nas quais todo o consumo de eletricidade do país veio da energia solar, do vento e de hidroelétricas.

Oliver Joy, porta-voz da Associação do Comércio do Vento na Europa comentou: “Estamos vendo uma tendência que se espalha pela Europa – o ano passado na Dinamarca e agora em Portugal. A Península Ibérica é uma grande fonte para geração de energias renováveis e energia do vento, não apenas para a região, mas para toda a Europa”.

Portugal adicionou 550MW de capacidade de vento entre 2013 e 2016. Grupos industriais atualmente vêem com grande interesse a exploração do potencial de exportação de energia verde para a Europa.

Em 2013, metade da elericidade de Portugal era gerada por combustíveis, sendo que 27% vinham de usinas nucleares, 13% de hidrelétricas, 7,5% do vento e 3% do sol.

No ano passado, estes dados mudaram substancialmente.

O vento passou a prover 22% da eletricidade no país e todas as fontes renováveis juntas chegaram a 48%, reduzindo o total fornecido por combustíveis a apenas 30%.

Alguns dias após os quatro dias de energia verde em Portugal, a Alemanha anunciou que em quase todo o país a eletricidade, em 15 de maio, foi gerada por energia limpa. Sendo que os preços da energia caíram várias vezes durante o dia.

Segundo Oliver Joy; “Com a aplicação ds políticas certas, o vento poderá atender às necessidades de energia na Europa nos próximos 15 anos”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *