Bush escondeu denúncia de torturas.

Documento revelado ao público prova que a CIA torturava no governo Bush. E, talvez mais grave ainda: Bush sabia e procurou abafar a acusação.Antigua Denver Broncos Signature Pullover Hoodie – Navy Blue,Women’s New York Giants Touch by Alyssa Milano Black Bella Tank Top, cheap jerseys,Women’s Pittsburgh Steelers Majestic Charcoal/Gray Act Like a Champion Raglan Half Sleeve T-Shirt., Cheap Jerseys free shipping

O site americano Salon conta que, em fevereiro de 2006, Philip Zelikow, conselheiro da Secretária de Estado Condoleeza Rice, enviou memorando à Casa Branca denunciando a prática de torturas pela CIA.

Nesse documento, Zelikow lembra que a Convenção Contra Torturas e a própria Constituição americana proibiam punições cruéis. Exatamente o que a CIA vinha fazendo, ao submeter suspeitos ao famigerado waterboarding e outras técnicas “científicas” de interrogatório.

O conselheiro da Secretária de Estado acrescentou ainda: “não temos notícias de  precedentes na 2ª Guerra Mundial, na Guerra da Coréia, na Guerra do Vietnam ou em qualquer conflito subseqüente de práticas sistemáticas de interrogatórios autorizados similares aos aqui mencionados, mesmo quando os prisioneiros eram presumidamente combatentes ilegais”.

Em vez de ordenar um inquérito, a Casa Branca preocupou-se em procurar todas as cópias daquele incomodo memorando para destruí-las pressurosamente. Foi, como se dizia antigamente, “um Deus nos acuda” para fazer virar pó a denúncia Zelikow.

Mas uma cópia ficou perdida nas entranhas da Secretaria de Estado e agora foi publicada, atendendo a um pedido baseado no Ato de Liberdade de Informação.

Não se espera que Obama tome qualquer atitude.

Logo no início do seu governo, ele declarou que “o passado já passou” e que não processaria ninguém do governo anterior pela prática de torturas.

Obama pretendia governar com apoio de todos os americanos, inclusive dos republicanos, daí essa colher de chá aos torturadores e aos que permitiram, fecharam os olhos ou esconderam esse infame delito.

Como se viu, não adiantou nada: os republicanos  vem fazendo uma oposição a Obama absolutamente implacável.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *