Senadores americanos votam projetos sem ler.

Seria cômico se não fosse trágico.

Segundo o senador Rand Paul (republicano), os senadores americanos muitas vezes votam projetos sem ter lido.

Ele apresentou projeto de lei que torna obrigatório aos senadores lerem as leis apresentadas,  antes de votar a favor ou contra.

De acordo com a nova legislação proposta, os senadores teriam um dia inteiro para estudar um projeto,antes dele ser submetido a votação.

Rand Paul apresentou sua idéia na semana passada, quando o Senado deveria votar uma lei de 600 páginas, que focalizava variados tópicos como investimentos em rodovias e empréstimos para estudantes.

Na ocasião, ele disse: ”Nenhum membro do Senado terá lido esta lei antes de votá-la. Pelo amor de Deus, é uma lei com 600 páginas e eu a recebi  apenas nesta manhã!”

Rand Paul ponderou ainda que os próprios regulamentos do Senado dispõem que uma lei só deve ser votada 48 horas depois de cada legislador ter recebido sua cópia.

Ele conclamou seus pares a, pelo menos, respeitarem as regras da casa.

E terminou seu discurso, afirmando que, certamente, os baixíssimos 10% de aprovação pública dos senadores deve-se, em parte, ao fato de votarem leis sem conhecerem seus detalhes.

Vai ver isso aconteceu quando eles aprovaram a lei que dá direito ao Presidente da República mandar prender, sem processo legal e indefinidamente, quem julgar perigoso para a segurança nacional…

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *