Putin ganhou mesmo.

Tudo indica que houve fraudes, coação de eleitores, etc.  Mas, a verdade é que Putin foi mesmo eleito presidente pela maioria da população russa.

Digo isso com base nas pesquisas eleitorais.

O resultado final foi: em primeiro lugar, Putin com 63% dos votos, em segundo o candidato comunista, Ziuganov, com 17%. Os demais tiveram votações insignificantes.

Agora, veja o que diziam as pesquisas nas vésperas da eleição. A Public Opinion Fund dava 59% para Putin. Para a All Russian Center for the Study of Public Opinion, o vencedor seria Putin com 58,3% , seguido por Ziuganovi, com 17,2%. E a ONG Americana GOLOS registrava 53% Putin e 19% para Ziuganov.

Em todas, Putin levava no 1º  turno, pois tinha mais da metade dos votos.

Os números dessas pesquisas eram inferiores ao resultado final porque no fim da campanha Putin teve um grande crescimento.

Os números das pesquisas mostram. Segundo a Public Opinion Fund, Putin cresceu de 52%, em janeiro, para 58% em fevereiro.

E a pesquisa da Levada Center, publicada em 2 de março,  a mais próxima do dia da eleição, apontou Putin como  vencedor com um resultado entre 62 e 66%.

Putin obteve diferenças maiores nas províncias.

Em Moscou, sua votação ficou mais perto dos adversários, embora vencesse.

Não sei se a volta de Putin à presidência será bom ou mau para o povo russo.

Certamente, é uma má notícia para o Ocidente, pois o líder russo revelou-se, nas suas primeiras gestões, um duro antagonista na maioria dos fronts da política iternacional.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *