O povo americano contra o fechamento de Guantánamo.

Dois dias depois do presidente Obama apresentar seu plano de fechar Guantánamo, a Rasmussen Reports fez uma pesquisa para saber a opinião do povo.

Grande surpresa! A maioria é contra.

56% dos americanos querem os terroristas e suspeitos de terrorismo bem longe, bem guardados.

Separados do território americano por um mar.

O fato de Guantánamo abrigar35 indivíduos já liberados pela comissão militar de investigação permanecerem atrás das grades não incomodou muito.

E quando aos 56 que deverão ficar presos para sempre, sem acusação, nem julgamento, nada a opor.

Esse resultado marca uma grande redução no número de americanos que prezam as garantias da sua Constituição já que, em 2009, o fim de Guantánamo ganhava por 44% x 42%.

A idéia de manter a prisão foi muito mais forte entre os republicanos. Nada menos de 80% votaram nessa, ilustrando o processo de crescimento da tendência ultra-direitista que ocorre no partido.

Já os democratas mostraram-se mais fiéis a suas posições tradicionais: 48% aplaudiram o plano de Obama, 35% foram contra e os resto se disse indeciso.

Não é nenhuma apoteose do pensamento liberal, mas não deixa de ser significativo.

Talvez com medo de que um egresso de Guantánamo  invada seu lar de bomba em punho, 75% dos republicanos não querem a transferência deles para os EUA.

Já 47% dos democratas aceitam.

Olhando esses resultados a gente imagina a pedreira que deve ser presidir os EUA para alguém com idéias humanitárias.

Dá até para desculpar as muitas vaciladas e pisadas na bola de Barack Obama.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *