Maioria dos americanos aprova acordo com Irã.

Mais uma vez Trump está agindo na contra mão da opinião do seu povo.

Ele quer acabar com o acordo nuclear com o Irã, garantindo não ser do interesse dos EUA.

Os americanos acham o contrário.

É o que provam as mais recentes pesquisas.

De acordo com o que o You Gov apurou, 56% da população é favorável ao acordo nuclear com o Irã, enquanto apenas 19% se disseram contrários.

Entre os democratas, o acordo ganha de lavada: 68% x 10%,

Até a maioria dos republicanos tem essa mesma opinião. O placar é 51% a favor, 29% versus 29%, contra.

Pesquisa do Chicago Council Global Affairs apresenta resultados semelhantes.

60% dos respondentes são favoráveis ao acordo.

Essa posição ganha entre os democratas, 73% a favor. E também entre os independentes, 58% deram seu “sim.”

Já os republicanos estão divididos. 48% manifestaram-se pró- acordo , alguns pontos a mais do que os que concordam com a posição de Trump.

Esses números mostram uma nítida evolução na opinião do povo dos EUA nos últimos 20 meses.

Em fevereiro do ano passado, ele via a questão de forma muito diferente.

Nessa data, pesquisa do Gallup (The Hill, 17/02/2016), revelava que a maioria dos respondentes era contra o acordo: 57% X 30%.

Os republicanos o rejeitavam em massa, 80% x 9%.

Já entre os democratas, o acordo ganhava – 51% versus 38% – margem bem menos estreita do que a verificada nas pesquisas de outubro de 2017.

Essa mudança radical da opinião pública tem uma explicação.

No início de 2016, o conhecimento da população sobre a questão era escasso, a assinatura do acordo com o Irã acontecera há poucos meses antes, não dera tempo para as pessoas entenderem suas linhas gerais.

Entre 2016 e 2017, o acordo nuclear foi largamente discutido nos meios de comunicação.

Ficando por dentro dos fatos, os americanos tiveram condição de examinar os prós e contras envolvidos e tomar uma posição racional.

Trump deveria ouvir o recado e mudar junto com o povo americano.

Sei que ele perderia o prazer de contrariar Obama, ao renegar uma das mais importantes realizações do presidente democrata.

Vencer a inveja e a raiva que o lançam desarvoradamente contra Obama obrigaria The Donald a fazer um esforço desmedido.

Mas numa democracia sempre vale à pena estar sintonizado com o pensamento do eleitorado.

Yes, Trump, you can!

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *