Insurgência afegã põe a perigo província “mais segura.”

A província central de Bamyan, tida como a mais segura do país, está deixando de ser.

Juma Guld Yardem, chefe da polícia local acaba de advertir para uma crescente ação de insurgentes, que ameaçam controlar a região.

Eles não têm nada a ver nem com os talibãs, nem com a Al Qaeda – esta cada vez mais ausente do país.

Trata-se do movimento   Abdullah Kaltak, vindo do Paquistão para combater as forças de ocupação estrangeiras e o governo pró-americano do Presidente Karsai.

O chefe Yardem está preocupado com o número insuficiente de efetivos sob suas ordens. Problema que tende a agravar-se com a retirada das tropas neozelandesas, que guarneciam a província, um ano antes da data oficial de 2014 da Otan.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *