Corrupção: FMI ameaça cortar créditos à Ucrânia.

Parece que a revolução da Ucrânia trocou um corrupto por outro.

O governo Poroschenko dá sinais de estar imitando as práticas pouco honestas do seu sucessor, Yakunowicws, por isso mesmo derrubado pelo povo.

Christiane Lagarde, presidente do FMI, avisou que o FMI irá suspender seu programa de 40 bilhões de libras para salvamento financeiro da Ucrânia a não ser que o país tome rapidamente medidas contra a corrupção.

Ela se preocupa com o progresso excessivamente lento para melhorar a governança, combater a corrupção e reduzir a influência de interesses ocultos na feitura de leis.

“A Ucrânia arrisca-se a voltar aos padrões de políticas econômicas ultrapassadas que a assolaram na história recente.”

Os comentários de Lagarde aconteceram pouco depois da resignação do ministro da Economia, Aivaras Aibromovicius, que acusou um assistente do presidente de bloquear as reformas anti-corrupção.

As últimas pesquisas mostram que a economia ucraniana deve cair 7% e depende da ajuda do FMI para evitar um colapso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *