A guerra e as eleições americanas.

Segundo Jason Leonard, no site Anti War, autoridades americanas calculam que o ataque ao Irã acontecerá uns poucos meses antes das eleições.

A idéia é causar um efeito pró Obama nos eleitores indecisos, doutrinados pela imprensa americana a considerarem o Irã o próprio Império do Mal.

De acordo com as pesquisas, caso as sanções falhem a maioria da população é a favor do ataque às instalações nucleares do Irã.

Seria cômico se não fosse trágico.

Infelizmente, pode ser que aconteça.

Obama e Israel não estão permitindo ao Irã nenhuma saída a não ser render-se vergonhosamente, renunciando ao e enriquecimento do urânio, o que deixaria sua indústria nuclear dependente do exterior.

Veja só: 16 agências de inteligência americana e o Mossad já declararam claramente que o Irã não tem programa nuclear militar. Que não há indícios de que esteja preparado para iniciá-lo. Por fim: todas são unânimes ao garantir que, no momento em que o Irã decidisse fazer bombas atômicas, elas ficariam sabendo.

E os EUA e Israel poderiam, então, bombardear o Irã à vontade.

Eu diria que essas agências tem muito mais recursos do que os inspetores da IAEA para vigiar o Irã e, eventualmente, pegá-lo em flagrante.

Recentemente, publiquei um artigo mostrando a abundância de recursos da mais avançada e refinada tecnologia usados pelas 16 agências de inteligência americanas na observação diária de tudo que se faz, não só nas usinas nucleares iranianas, mas também em outras instalações militares suspeitas.

Portanto, mesmo que os iranianos tivessem intenções de produzir armas nucleares e lançá-las sobre Israel, a Europa e os EUA , ficariam só na intenção.

Israel sabe disso, Obama sabe disso.

No caso israelense, explica-se porque continuam ávidos para atacar o Irã. Eles não podem admitir que exista no Oriente Médio uma nação que se ombreie militar e economicamente ao seu país.

Mas, e no caso de Obama?

Por que continua ameaçando o Irã, exigindo que comprove que não tem programas nucleares militares se suas 16 agências já comprovaram por ele?

Como o Irã “deverá agir com seriedade” para satisfazê-lo?

Israel já disse que só renunciando ao enriquecimento do urânio poderá deixar o Irã em paz. Porque sabe que o Irã jamais aceitará essa imposição, já que é seu direito enriquecer urânio. E os iranianos são um poço orgulhoso, que, no tempo da civilização persa, foram o maio império da época.

Obama não tem coragem de formular essa exigência. Seria excesso de hipocrisia

Limita-se a ameaçar, esquecendo as conclusões de suas agências de inteligência.

Esperando, talvez, a aproximação das eleições para lançar seu grande golpe de marketing ; o bombardeio de uma nação pacífica.

 

1 pensou em “A guerra e as eleições americanas.

  1. os americanos querem o petroleo dos iranianos querem fazer igual no iraque dizendo que o sadan tinha armas biologicas é o mesmo com o ira estao procurando um jeito de entrar la!11

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *