Fora do Hamas e do Fatah pode haver solução.

Depois que Donald Trump reconheceu Jerusalém como capital de Israel e sede de sua embaixada, parecia que tudo estava perdido para os palestinos.

Continuar lendo