Unificação da resistência palestina: até quando?

Depois de duas tentativas frustradas, o Hamas e o Fatah, por fim, assinaram um acordo de reconciliação.

Continuar lendo

A centro-esquerda de Israel vira à direita.

“Precisamos entender algo muito simples: nós é que somos os fortes aqui. Eles sempre nos temeram, nós somos os mais fortes. Nós somos mais fortes do que os árabes. Não devemos ter medo deles: os árabes é que devem ter medo da gente. ”

Continuar lendo

Friedman: embaixador dos EUA ou de Israel?

Antes de ser nomeado embaixador dos EUA em Israel, David Friedman fora advogado e conselheiro pessoal de Donald Trump. Não era das melhores recomendações. Mesmo assim, poderia, quem sabe, ser uma escolha razoável.  Infelizmente sua ficha corrida era das mais inadequadas para o posto, que requer alguém imparcial diante do problema palestino e capaz de defender fielmente as posições dos EUA na questão. Coisas que Friedman não era. Longe disso.

Continuar lendo

Se depender de Trump, não vai haver Estado Palestino.

Depois de algumas ambiguidades um tanto amedrontadoras, Trump tranquilizou Abbas, o presidente da Autoridade Palestina. Ele resolveria o eterno problema palestino com um acordo justo. Abbas e outros dirigentes de movimentos palestinos declararam-se confiantes.

Continuar lendo