Foi justa a saída dos EUA do Conselho de Direitos Humanos?

Depois de várias ameaças, os americanos acabaram saindo do Conselho de Direitos Humanos da ONU. Acusado de afrontoso “viés anti-israelense” por Nikki Haley, a embaixadora dos EUA na ONU, supostamente provado pelo enorme número de vezes  com que o Conselho condenou Israel, superando qualquer outro país nessa desconfortável estatística.

Continuar lendo

Trump faz novas ameaças.

Depois de ameaçar a Coreia do Norte com destruição total, o Paquistão e outros países-membros da ONU com corte de ajuda econômica, Trump continua girando sua metralhadora verbal.

Continuar lendo

Chantagem e castigo.

A derrota na condenação pela Assembleia Geral da ONU da abertura da embaixada americana em Jerusalém não foi o pior para o governo de Washington.

Continuar lendo