Parece que os israelenses não aprenderam com seus erros.

Em quase todo o mês de março, as pesquisas mostravam  no primeiro posto a coalisão Azul e Branco, de Benny Gantz, a esperança da oposição ao governo de direita, podendo eleger até 5 parlamentares a mais do que o principal concorrente.

Continuar lendo

A centro-esquerda de Israel vira à direita.

“Precisamos entender algo muito simples: nós é que somos os fortes aqui. Eles sempre nos temeram, nós somos os mais fortes. Nós somos mais fortes do que os árabes. Não devemos ter medo deles: os árabes é que devem ter medo da gente. ”

Continuar lendo

Acusações podem criminalizar e derrubar Netanyahu.

Envolvido em quatro investigações de corrupção, o primeiro ministro Netanyahu está na corda bamba.

Continuar lendo