Entre a justiça e Trump, o Brasil decide mal.

Logo depois de Bolsonaro proclamar obediência eterna aos EUA de Donald Trump, as coisas começaram a mudar no front externo.

Continuar lendo

Foi justa a saída dos EUA do Conselho de Direitos Humanos?

Depois de várias ameaças, os americanos acabaram saindo do Conselho de Direitos Humanos da ONU. Acusado de afrontoso “viés anti-israelense” por Nikki Haley, a embaixadora dos EUA na ONU, supostamente provado pelo enorme número de vezes  com que o Conselho condenou Israel, superando qualquer outro país nessa desconfortável estatística.

Continuar lendo