Os houthis pagam pelo defeito do radar americano.

No Velho Oeste, sofrendo um ataque inesperado, a regra era atirar no provável inimigo. Só depois certificar-se se ele fora mesmo o culpado. Era o que faziam no passado heróis lendários como Wyat Earp, Wild Bill Hickhok, Billy The Kid e Bat Masterson.

Continuar lendo

Aumenta rejeição no Congresso dos EUA ao envio de armas aos sauditas.

O governo Obama apoiou desde o início a invasão saudita do Iêmen.

Continuar lendo

Na devastação do Iêmen, as principais vítimas são as crianças.

Quando, em setembro de 2015, o ex-presidente Hadi fugiu  dos houthis, que o haviam deposto e mantido preso no seu palácio, deixou um país pouco diferente do que assumira em 2012.

Continuar lendo