A Arábia Saudita mostra as garras.

Na retumbante visita de Trump a Riad, festejada por 50 chefes islâmicos, The Donald os conclamou para que se unissem à Arábia Saudita numa guerra ao ISIS, à al Qaeda e ao Irã, seu patrocinador, segundo o presidente.

Continuar lendo

EUA: direitos humanos atrapalham.

Nenhum presidente americano, mesmo George W.Bush, admitiria ser cúmplice em violações de direitos humanos por países aliados.

Continuar lendo