Anulação do acordo nuclear ao som de tambores de guerra.

Em mais uma apresentação teatral, Netanyahu denunciou segredos supostamente tenebrosos dos iranianos.

Continuar lendo

Os EUA, armando o inimigo.

É altamente discutível o ditado “inimigo do meu inimigo, meu amigo é”. Sobretudo quando esse “amigo” é seu inimigo número 1.

Continuar lendo

Ocidente e rebeldes começam a engolir Assad.

Quando tudo augurava perigo de guerra, a paz começou a querer pintar na Síria.

Continuar lendo