Quem matou Charlie.

Faço meus os mais duros e violentos adjetivos aplicados aos autores dos atentados no Charlie Hebdo e no supermercado judeu.

Continuar lendo

2014: poucas esperanças, muitas decepções.

O mundo respirou fundo depois da aprovação do acordo nuclear provisório entre as grandes potências e o Irã.

Continuar lendo