Vitória de Bibi põe mais lenha na fogueira.

Fortalecido pela vitória, Bibi Netanyahu deve radicalizar suas ações  nos três fronts de Israel: Palestina, Líbano e Irã.

Continuar lendo

A ideologia assombra nossa política externa.

Nos tempos da União Soviética, os grupos não comunistas, que normalmente rezavam pela cartilha de Moscou eram chamados de linha auxiliar.

Continuar lendo

Se a anexação da Crimeia deu sanções, porque não a do Golã?

Em 2014, a Rússia invadiu a Crimeia e anexou a península a seu território, violando a soberania da Ucrânia, garantida pelas leis internacionais.

Continuar lendo

Contra dissidentes, o esquadrão de assassinos do príncipe saudita.

Deu no New York Times de 18 de março: o brutal assassinato do jornalista Khashogi foi apenas mais um dos crimes do Grupo de Intervenção Rápida, da Arábia Saudita.

Continuar lendo