Ângela Merkel, uma pedra no caminho de Donald Trump.

A aviação israelense bombardeou mais de 100 vezes o território da Síria somente no ano passado. Neste ano, continuou no mesmo pique. É um fato: vários chefes das forças armadas israelenses alardearam os números dessas façanhas.

Continue lendo

Trump quer abrir para os sauditas as portas que fechou para o Irã.

No day after da bomba de Hiroshima, os EUA e a União Soviética se confrontaram naquela que foi chamada de “Guerra Fria”. E o pesadelo do advento de uma possível guerra de verdade, empregando armas nucleares capazes de destruir a humanidade, espalhou-se por toda a parte.

Continue lendo

A América, ainda mais first.

Para a imprensa internacional, o secretário da Defesa, general James Mattis, era a voz lúcida que procurava conter os desatinos do presidente Trump.

Continue lendo