Obrador no México: chance da esquerda mostrar serviço.

Lopez Obrador, foi o primeiro esquerdista eleito presidente do México depois de Lázaro Cárdenas em 1934, que distribuiu terras aos camponeses e nacionalizou a exploração do petróleo. Com 53% dos votos, superou  seus principais adversários por mais de 30%, a maior margem já verificada numa eleição presidencial.

Continuar lendo

Drible europeu nas sanções americanas contra o Irã.

Por palavras e obras, Trump já informou urbi et orbe que os EUA fazem o que bem entenderem, ignorando direitos humanos, ONU, leis internacionais, etc. Quanto aos demais países, que sigam o que a Casa Branca decidir. Do contrário, lá vão sanções (ou mísseis)!

Continuar lendo