Congresso americano não quer os EUA cúmplices no morticínio do Iêmen

Enquanto a imprensa brasileira dá o maior destaque à gravíssima situação da Venezuela, a do Iêmen é esquecida.

Continuar lendo

Passado alveja candidatura Biden.

Em 5 de fevereiro, serão realizadas as primárias para escolha do candidato democrata à presidência dos EUA. Iowa, por ser a primeira delas, vem desde já recebendo grande destaque da imprensa.

Continuar lendo

Trump corta azas do seu falcão mais feroz.

Quando John Bolton (o mesmo a quem Bolsonaro bateu continência) foi nomeado conselheiro especial de segurança de Donald Trump, o JStreet, organização liberal judaico-americana, se manifestou assim: ”Estamos horrorizados pela sua nomeação para conselheiro de Segurança Nacional e acreditamos que essa decisão do presidente põe em perigo a situação nacional do país e a segurança fundamental dos EUA e dos seus aliados, inclusive Israel.”

Continuar lendo